sexta-feira, 16 de julho de 2010

Castração de gatos machos

A castração dos gatos machos é feita através de uma cirurgia em que são removidos os testículos (orquiectomia). Os testículos produzem a hormona sexual masculina, a testosterona, responsável pelo comportamento sexual dos gatos adultos e ao removê-los paramos a produção desta hormona, tornando-os inférteis.

Este procedimento normalmente realiza-se a partir dos 6 meses de idade do gato e tem vantagens se for realizado antes do animal a atingir a maturidade sexual que ocorre por volta dos 9 meses.

Apesar de esta cirurgia implicar uma anestesia geral os riscos que acarreta são reduzidos. Na maioria dos casos o animal volta para casa no próprio dia da cirurgia tendo apenas que usar um colar e tomar medicação durante alguns dias.

A castração evita os comportamentos de marcação de território através da urina (nos móveis, sofás, paredes, etc) que provocam estragos na casa e muito mau cheiro e pode ajudar também a diminuir o comportamento de arranhar em casa. A castração evita a reprodução indesejada, diminuindo assim ninhadas de gatinhos sem dono ou abatidos ao nascer.

Embora não modifique a personalidade do animal, este torna-se menos agressivo, deixa de vocalizar na tentativa de atrair gatas e é mais fácil mantê-lo em casa. Assim tem menores hipóteses de ser atropelado, cair da janela ou ser agredido e mantém-se afastado das lutas pelo território reduzindo o risco de ser ferido por outros gatos e contrair doenças infecciosas incuráveis (leucemia felina – FeLV e imunodeficiência felina - FIV).

Estes factores contribuem para que esperança de vida de um gato castrado seja de cerca de 15 a 17 anos enquanto a de um gato não castrado que tenha acesso à rua é apenas de 3 a 5 anos.

Alguns gatos podem ter tendência para se tornar mais sedentários e aumentar de peso. Nesses casos é recomendável tentar que o animal faça mais exercício brincando com ele alguns minutos por dia, controlar a dose diária de comida e dar-lhe uma dieta específica para gatos castrados que é menos rica em calorias.

A castração pode também predispor à ocorrência de cálculos urinários porque estes gatos urinam menos vezes por dia. Este problema pode ser prevenido estimulando o animal a beber mais água (com uma fonte com água corrente por ex.) e dar-lhe uma ração de boa qualidade apropriada para gatos esterilizados.


Para esclarecer dúvidas sobre este procedimento deve contactar o médico veterinário.

8 comentários:

  1. A castração é bem importante mesmo, principalmente para evitar que mais gatinho vão parar nas ruas. A castração de fêmeas também é realizada com frequencia e previne algumas doenças. Adorei o post!

    ResponderExcluir
  2. Meu gatinho acabou de ser castrado e estava maluco pra ter mais informações sobre como ele ficaria após a cirurgia. Muito obrigado pela postagem!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu gato vai ser castrado e estou c esperanca q ele fique mais queto adorei a postagem!!

      Excluir
  3. Gostei mto dessa explicação no site , pq meu gato é mto jovem e está com a castração marcada na clínica veterinária , mas eu estava preocupada pq ele n tem 1 ano de idade e eu na sabia a idade certa pra castrar , tinha medo q se castrar com menos de 1 ano pudesse prejudica-lo em alguma aspecto , mas tirei minha dúvida.Obrigada

    ResponderExcluir
  4. meu Mordecai vai ser castrado hoje,estava preocupada por ele ter menos de um ano,mas agora sei que é o correto.obrigada! marcia

    ResponderExcluir
  5. Olá! Meu gato tem saido para bater nos gatos e está cheio de feridas! Se eu mandar castrar, será que ele não sai mais para bater? Preciso de uma resposta. Obrigada!

    ResponderExcluir
  6. estou muito apreensiva com a castracao do meu gato que sera no proximo mes tenho muito medo dele nao voltar pra casa :(

    ResponderExcluir
  7. Pessoal tem limite de idade pra castração?

    ResponderExcluir