sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

Pancreatite canina e felina

O pâncreas é um órgão do sistema digestivo responsável pela produção de enzimas que digerem os alimentos no intestino e pela produção de insulina que regula a glicose do sangue. As enzimas digestivas normalmente só são activadas no intestino na presença de alimento. Na origem da pancreatite estas enzimas tornam-se activas dentro do próprio órgão e começam a digeri-lo.

As pancreatites podem ser agudas, tendo aparecimento repentino ou crónicas em que o orgão vai sendo destruído progressivamente. Em ambas pode haver sequelas como a insuficiência pancreática (má digestão) e/ou diabetes devido à destruição das células produtoras de enzimas e/ou insulina.

As causas desta doença são muito variadas incluindo:

- Medicamentos e toxinas

- Traumas que afectem o fornecimento de oxigénio ao pâncreas

- Factores genéticos

- Excesso de gordura na alimentação

- Tumores

- Parasitas

Esta doença pode afectar tanto cães como gatos, sendo mais comum em animais entre os 4 e os 9 anos de idade.

Podem existir casos em que a doença se instale mesmo sem a existência de nenhum destes factores, sendo de causa desconhecida.

Os sinais clínicos são muito variáveis mas os mais comuns são:

- Vómitos

- Perda de apetite

- Depressão

- Dor abdominal

- Febre

- Desidratação

- Diarreia

Normalmente, o diagnóstico de pancreatite é efectuado com base na história e sinais clínicos (depressão, ausência ou diminuição do apetite, e vómitos). A confirmação do diagnóstico pode ser difícil passando pelo descartar de outras doenças que causam sinais clínicos iguais. Pode requer análises de sangue especiais, exame radiográfico e ecografia abdominal, e por vezes biópsia do pâncreas.

Não há nenhum tratamento específico para a pancreatite, se a causa for conhecida deve-se tentar removê-la. Como na maioria dos casos a causa é desconhecida o que se faz é manter o animal hidratado, sem dores e retira-se a alimentação durante alguns dias para não estimular o pâncreas.

Nas pancreatites agudas o prognóstico é imprevisível. Quando não há complicações associadas, os animais podem recuperar e continuar bem desde que sejam tomados cuidados como dar-lhes uma alimentação pobre em gorduras e evitar a obesidade. Infelizmente existem casos em que a doença evolui de forma a colocar em risco a sobrevivência do animal mesmo com um tratamento agressivo, resultando na morte do animal. O mesmo pode acontecer nos casos em que a doença se torna crónica em que os animais acabam por não resistir às fases de agravamento da doença.

Sendo esta uma doença grave deve evitar-se os factores de risco como a obesidade e a alimentação rica em gorduras.

93 comentários:

  1. Meu cachorro foi diagnosticado há dois anos com pancreatite aguda. De lá pra cá, já teve várias crises de dor. Percebe-se que a dor é insuportável, pois ele procura a nossa companhia e chora muito, em silêncio, enquanto treme as perninhas e baba, resfolegante.
    Na última crise, ele vomitou e saiu sangue.
    Nesse caso, é recomendável a eutanásia?

    por favor, precisamos de uma resposta. Meu email é acvalasco@gmail.com. Obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oque vc acha! Ele tá sofrendo e esta doença mata aos poucos..

      Excluir
    2. Mata se não cuidar o Meu cachorro tem pancreatite desde que nasceu. Tenho que dar apenas ração especial Intestinal Low Fat da Royal Canin. Ele vive muito bem só não pode comer nada além dessa ração. Ele vai completar 5 anos em agosto de 2012. Boa sorte.

      Excluir
    3. Tenho uma shitzu com pacreatite a 4 anos, dou ração Hills light e também a fruta caqui que ela adora e ela tem uma vida normal. Não dê alimentos com gordura. Ração compre uma ração com pouca gordura.

      Excluir
    4. Tem uma pastora alemão e descobrimos que ela tinha insuficiência pancreatica depois de tanto, chegou ao grau máximo de magreza, porém depois que descobrimos qdo estava bom um ano entramos com ração intestinal e um pó feito em farmácia de manipulação que substitui as enzimas do pâncreas. Hoje está com 10 anos pesa 34 kilos.
      Devido a isso diarreia, vômitos e o fato de estar esquelética na época dávamos arroz, batata e peito de frango que ajudou muito até descobrimos o que ela tinha, porém com um ano ainda em início de tratamento teve uma torção gástrica que é muito rara, 04 paradas cardíacas, transfusão de sangue.Mas está aqui linda e forte, tb não pode comer nada sem ser a ração.

      Excluir
    5. Meu cão estar com crise fortíssima de pancreatite, que pó é esse que você mandou fazer na farmácia de manipulação?

      Excluir
    6. O caso da minha Layla foi igualzinho essa da Estilos pet. Hoje ela toma a pancreatina e a ração performance da Royal Canin. Graças a Deus ela está ótima e tem uma vida normal, apesar de ter que tomar medicamento todos os dias. Mas ela adoora tomar a pancreatina.

      Liane, conversa com o veterinário e pede a receita para você mandar manipular na farmácia de manipulação animal.

      Excluir
    7. Liane Fernandes.
      Existe insuficiência pancreatica e pancreatite converse com o veterinario eu dou ração vetlife gastro intestinal e a pancreatina não precisa de receita porém precisa ver se o seu cão pode fazer uso e a dosagem. A minha é uma colher de sopa rasa em casa refeição a ração total deve ser fracionada durante o dia coloca a ração que vai dar em um pote coloque uma colherzinha de água bem pouquinho e coloque o pó misture bem aguarde 10 a 15 minutos e depois sirva ao animal, só pode dar isso nada de comida, petisco...

      Excluir
    8. A minha não toma remédio como é instavel tem dia que desanda do nada... aí sim dou metronidazol frágil ver com veterinário tb.

      Excluir
    9. A pancreatina vc compra na farmacia de manipulação tem que ser 100% pura. Qto mais comprar mais barato fica. Converse na farmácia.

      Excluir
    10. Liane. Esse po chama-se pancreatina. É manipulado mas deve ser receitado por veterinário por causa da dosagem.

      Excluir
  2. Tenho um Bichon Frisé de 11 anos e desde fevereiro de 2010 ele foi diagnosticado com pancreatite fiz tudo que o me mandaram , alimentação só aquela ração Digestive Low fat e por um tempo ele melhorou mas ao mesmo tempo sua próstada estava inchada e ele foi castrado na esperança de diminuir isso foi em maio de 2010..não diminui, agora ele tem poblemas hepaticos esta com colesterol alto..sei lá..Faço ecografias regulares, exames de sangue e de urina, radiografias....Mas sei lá sinto que ele não é mais feliz e ao mesmo tempo me sinto exausta e triste por fazer tudo direitinho e ver q as vezs ele tem uns 5 minutos de alegria....Será q não esta na hora de eu deixa-lo ir|?? Meu Deus será q sou egoista...Gostaria tanto de poder compartilhar com alguem esta minha trsteza..ALGUÉM PODE ME AJUDAR?? Meu email anacsc@r7.com Obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A minha foi diagnosticada a dois anos passei a dar Satiety Support e nunca mais teve crises.

      Excluir
    2. Ana, boa noite ! Eu tenho um Daschhunt e também tem pancreatite, estamos fazendo tudo conforme o veterinário recomenda. Ele fica triste,mas a alegria maior dele é quando ele sente o nosso afago e de preferência em nosso colo, é muito bom !

      Excluir
    3. Ana, o meu cão também tem pancreatite, ele fica triste. A alegria maior dele é quando tem o nosso afago e de preferência em nosso colo, com uma bolsa de agua quente.

      Excluir
    4. Ana seu animalzinho nesse momento precisa de vc. tbm tenho uma que está com pancreatite tem dia que nao come tem diarreia levo ao veterinario toma meducamento mas esta inchada estou tratando conforme minhas condições e penso que ela mesmo com esse problema está feliz ao me lado.

      Excluir
    5. Pessoal.
      Eu quase perdi a minha Layla por causa da pancreatite, hoje ela toma pancreatina manipulada da farmácia de manipulação para animais. É um pó e ela consome duas vezes por dia junto com a ração.. foi isso e outros medicamentos que a salvaram. A pancreatina ela terá que tomar para o resto da vida, o gosto deve ser bom porque ela gosta muito.
      Se informem com o veterinário, ela tem uma vida normal e perfeita, desde que não fique sem toma-la.
      Boa sorte para vcs!

      Excluir
    6. Tenha paciençia com sua cachorrinha
      Não é fácil más pra tudo tem o seu tempo... Sou contra eutanásia, más também não critico quem for a favor
      O amor supera tudo; tenha fé ...

      Excluir
  3. Minha cachorrinha Sofie uma Beagle de 8 anos, ontem teve diagnóstico de gastroenterite, mas após os exames o médico constatou que tinha afetado o pâncreas dela tendo novo diagnóstico de pancreatite aguda. Para as pessoas que tem seus pets com problema parecido não deixe persistir muito tempo levem logo no Vet, pois a situação pode piorar. Fiquei ainda mais preocupada. Ela continua internada desde ontem e possivelmente ficará mais uma noite, pois continua com fezes sanguinolenta. Estamos bem preocupados e com medo, pois pelo que li ela pode ter seguelas dessa doença. Deus nos ajude que ela melhore bem!!!

    ResponderExcluir
  4. Carla desejo de coração que ela melhore se Deus quiser ela vai melhorar!!!
    No mesmo dia que postei sobre o meu Belchior mais tarde recebi a noticia que ele havia falecido a dor é grande mas o que conforta é saber que ele não sofre mais e esta com Deus.
    Desejo melhoras a todos estes nossos amiguinhos tanto o Banzé e sua cachorinha logo estaram brincando pela casa....São os meus sinceros votos, felicidades a todos.

    ResponderExcluir
  5. Não,acredito que não deva sacrificar ainda, mude a alimentação dle.Meu cachorro tambem sofre de pancreatite,estou ddando macarrão espagute integral e ele adorou,no começo ele nem ficava em pé,batia o macarrão no liquidificador e dava com uma seringa.Tambem levei ao veterinário e aplicamos um remedio injetavel:Convenia.... e soro.Ele se recuperou mas temos que ficar atentos na almentação,ele toma tambem meio cmprimido de DASC que é uma enzima .As vezes ele tem crise e qundo è forte tem que tomar a convenia novamente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gente vamos ter cuidado no que posta, sei que o objetivo é sempre ajudar, mas uma informação incorreta pode levar um animalzinho a óbito.
      CONVENIA não serve para tratamento de pancreatite. Cuidado, sou veterinária e recebo pelo menos uma vez no mês, um animal com intoxicação medicamentosa.

      Convenia tem ampla resposta em tratamentos de infecção na pele, infecções do trato urinário e outras doenças cujo o parasita é sensível a substância.

      Pancreatite é uma situação seria e não tratada pode evoluir para óbito.

      Atualmente estou tratando de uma Yorkshire com pancreatite crônica, cuja foi tratada internada e a dona por pena deu alimento não recomendado (caes que apresentam pancreatite devem comer dieta pobre em gordura, seja por ração específica ou arroz e frango)

      Excluir
  6. Em abril do ano passado passei por vários apuros com minha cadelinha SRD Maya... ela ficou internada por 2 dias..também tive que bater a comida no liquidificador e dar com seringa, foi um drama! Depois de 5 meses, com medicamentos(pancreatina e homeopatia) e dieta, a amilase baixou de 5000 para 600, fiquei super feliz! Atualmente ela não anda com muito apetite e o pêlo tá feio, acho que terei que fazer os exames novamente. Alguém saberia me informar se além da Digetive Low Fat ou Hills, existe outra ração para cães com pancreatite, pois estou com dificuldade de encontrar estas marcas? Qual o teor máximo de gordura que poderia ter a comida/ração dela?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. o problema do pelo eh referente a falta de proteina na dieta...procure uma fonte de proteinas que nao possua gordura e a tendencia do pelo eh melhorar

      Excluir
    2. olá, meu cachorro também foi diagnosticado e não se acostumou com a ração, o que o veterinário orientou foi dar carboidratos, como arroz, batata e macarrão e alguma proteína magra, como por exemplo frango e carne moída. No caso da carne moída é necessário deixá-la ferver por bastante tempo em bastante água e depois tirar a gordura que sai na água e ferver novamente, ela fica bem branquinha.
      Em relação a macarrão e arroz nunca use os de massa integral, com linhaça e etc, pelo menos de começo, pois este alimento exige mais na digestão e pode fazer mal ao cachorro.
      Fora a dieta super balenceada, depois do susto meu cachorro está super bem!! Fiquem tranquilos, é uma doença séria, mas se tratada direito as chances de uma vida saudável dos cães e gatos são ótimas.
      Boa sorte a todos!!

      Excluir
  7. Ah! gostei da dica do macarrão integral Sérgio!

    ResponderExcluir
  8. Acabei de deixar minha cadelinha internada,com suspeita de pancreatite para fazer o exame ela ficara tres dia sem alimentação e sem agua. Nunca me separei dela estou acabada por me sentir impotente perante uma doença. Mas lendo os depoimentos e sinto um pouco mais tranquila.
    Que todos se recuperem.
    Abraços
    Roseli

    ResponderExcluir
  9. Tenho uma poodle de 13 anos que está internada com suspeita de pancreatite. Estou muito triste e preocupada pois além de tudo, viajo dia 30 de maio e fico fora por 21 dias. Pelo visto a recuperação desta crise não é fácil e eu vou estar longe sem poder cuidar dela.Alguém tem experiência desta doença emanimais idosos?

    ResponderExcluir
  10. Tinha uma linda maltezinha, a Margo, que faleceu esta manha, com suspeita de pancreatite. Começou isto do nada. No domingo passado, de noite, ela começou a ficar inquieta. Na segunda, estava melhor, na terça, voltou a ficar inquieta e hoje se foi. Era tão grudada comigo, que eu dizia que parecia minha sombra.....sinto falta do corpinho dela encostando na minha perna na cama....seus olhinhos de jabuticaba.... Corram, não percam tempo qdo seu cãozinho começar a sentir dores. O primeiro veterinário, deixou passar este diagnostico. Qdo fui em outro, já era tarde! Que ela fiaue em paz agora! Minha branquelinha linda!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As vezes naontem cura. A minha poodle de 15 anos tambem nao resistiu...

      Excluir
  11. A minha cadelinha se chama Meg, é um picher e tem 10 anos, recebeu diagnóstico de pancreatite =(
    Ela não sente vontade de comer, nem beber agua nem nada. Tá internada a 2 dias, só no soro, porém vomita muito ainda. Espero que ela melhore logo, ano passado ela venceu a doença sinomose e ficou boasinha, alegre como sempre, só que agora está em depressão, não se alimenta.
    Quero muito que a meguinha melhore!

    ResponderExcluir
  12. Tenho um cachorrinho, que a algum tempo ja se apresentava com problemas digestivos. Tudo que comia vomitava, sentia muita sede após as refeições, e nada, nada msm parava em seu estômago. O primeiro veterinario procurado fez o diagnóstico de infecção estomacal e o entupiu de remedios. Os sintomas não cessaram e decidimos procurar outro profissional, este por sua vez fez o diagnóstico de pancreatite no meu cachorro a 15 dias, passou a dieta que meu cachorro deveria seguir, e muitos remedios, e nos disse que em 10 dias ele estaria normal, e feliz como sempre foi. Desde essa visita, o prognóstico não anda sendo muito favorável, ele ainda não tem muita vontade de comer, e vomita na maioria dos dias, está ficando internado durante o dia na clinica veterinaria para tomar soro e medicamentos. Está muito magro, nem parece o nosso cachorrinho fofo e esperto de sempre, está triste e muito debilitado. Tenho esperança e muita fé, e sei que ele irá melhorar, estamos fazendo o possivel e o impossivel pra isso! Amamos muito ele!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Livia minha cachorrinha está assim tambem, ela está com arritmia e completamente sem apetite, teve diarreia com sangue e agora so sangra quando faz xixi pelo esforço. Está triste, ela e eu, se tiver alguma informação sobre o que não fazer me conta ta? Hoje eu dei o antibiotico, uma dose cavalar como recomendado e acho que ela piorou. me ajude quem puder.

      Excluir
  13. sirlei_mann@hotmail.com4 de novembro de 2011 05:33

    A minha linda bebe, cachorrinha poodle, amiguinha, companheira, acabou de falecer dessa doenca chamada pancreatite..... sofreu durante uma semana... com certeza vai deixar muitas coisas boas pra todos nos aqui em casa....... a tixa....... adorava uma lagartixa.....brincar na praia......ensinou muitas coisa.......amor....., carinho....... companheirismo e tudo mais....... Bebe linda vc sempre vai estar conosco....... vc so parou de sofrer.........

    ResponderExcluir
  14. Poxa estou aqui lendo esses depoimentos e desesperada minha Zaia uma schnauzer miniatura foi internada na quinta feira da semana passada com suspeita de gastroenterite, teve alta voltou pra casa mas continuava muito apatica e ficou com os olhos amarelos com ictericia, minha mae levou ela de volta ao hospital os medicos suspeitaram de lepstopirose mas apos a ultrasonografia disseram que era pancreatite. Amanha ela volta pra casa por[em os medicos nao descartam a possibilidade de obito, estou longe e conto com minha mae para cuidar dela ate minha volta em duas semanas. Se tiverem sugestão do que devemos dar para ela comer me falem. Obrigada Sheila

    ResponderExcluir
  15. Tenho um Dashurraund com 12 anos e foi diagnosticado a tal pancreatite aguda, TOBY era um cachorro alegre e comilão, ficou triste e magro,pois tudo o que come não para no seu estômago,acredito que , após ler os depoimentos acima, nós que criamos esse problema,pois dávamos de tudo para ele comer,tratamos ele como um filho,agora estamos vendo sua tristeza e sofrimento,vamos tentar o macarrão integral batido no liquidificador,vamos lá TOBY.
    CASO SAIBAM DE ALGO A MAIS FAVOR ENVIAR MAIL

    ResponderExcluir
  16. Olá sou mais uma solidária da causa, acabei de perder o segundo gato ontem para a pancreatite, lutamos um mes e ontem ele se foi, agora a preocupação é com a Cristal que é a minha gata, ainda tenho uma cadela e um cachorro, estou desesperada que algo aconteça com eles também, alguém conhece uma prevenção? A veterinária que tratou deles disse que não, porém ...
    Força a todos, porque a minha agora está debilitada...

    ResponderExcluir
  17. MEU CACHORRINHO TEBY, UM BASSE DE 11 ANOS TEVE O DIGNOSTICO DE PANCREATITE CRONICA, HOJE FAZEM 7 DIAS QUE ELE ESTA INTERNADO,ESTAMOS FAZENDO TUDO QUE FOR POSSIVEL PARA SALVAR ELE, PORÉM O VETERINARIO JA DISSE QUE NÃO DEVEMOS TER MUITAS ESPERANÇAS POIS O ESTADO DELE É GRAVE, MINHA FILHA DE 15 ANOS CHORA DIA E NOITE... SÓ NOS RESTA REZAR....

    ResponderExcluir
  18. Minha cachorrinha Beagle, 7 para 8 anos, também foi diagnosticada com pancreatite; seguimos todos os procedimentos citados acima: veterinário, exames laboratoriais, etc; tem vômito, ñ se alimenta, toma muita água mas vomita em seguida. Está fazendo um litro de soro por dia e antibiótico. Estava, realmente, muito acima do peso e é castrada. Estamos há +/- um mês com ela doente e tratando; emagreceu 3Kg, ainda ñ se alimenta. Tentamos a sopa com seringa mas ela vomita. Estamos tentando tudo o que é possível em termos de tratamento para curá-la, torcendo para que se recupere sem muitas sequelas.Abraços. Alice.

    ResponderExcluir
  19. Estava aqui na internet tentando entender o que aconteceu com meu cachorro,e parei aqui,lendo o depoimento de vcs,me acabei de tanto chorar,pois hoje fazem 12 dias que o meu filho peludo se foi.O nome dele é snoopy,tinha 8 anos,um ilhasa,lindo,cheio de energia.Sempre teve muitos problemas de pele,portanto o veterinário passou um tratamento forte de medicamento,com cortisona,e uma dieta,para diminuir também o peso dele,enfim,depois que comecei a retirar a quantidade de ração,ele começou a roubar comida,tudo que achava.Num mês atrás,ele começou a vomitar logo que acordava,mas depois passava o dia bem,comia e bebia,normalmente,até que um dia,ele depois de brincar muito comigo e com minha filha ele começou a vomitar e reclamar de dor,na mesma hora liguei para o veterinário dele e ele me atendeu no fim da tarde,deu medicamento para o vômito e para dor,solicitou exames de sangue e urina e pediu pra aguardar.No dia seguinte ele piorou,e assim foi durante dois dias,no exame de sangue parecia uma alteração,uma inflamação,mas sem saber onde foi pedido uma ultrassom,que foi diagnosticado um corpo estranho no intestino dele,então no dia 30-11-11,ele foi submetido a uma cirurgia de urgência e de risco,o corpo estranho,era um caroço de manga grande,vcs acreditam???Pois nem o veterinário.Bom,ele foi pra casa,e eu radiante,por ter em meus braços meu amigo fiel,ao sair do veterinário ele disse que não era pra eu comemorar ainda,pois os 7 dias seriam fundamentais pra ver se ele iria apresentar algum problema,pois o caroço de manga estava "apertando" o pancrêas,sendo assim ele teve que manipular o orgão,só que no pancrêas não se mexe,mas segundo o médico não teve outra maneira.Enfim,no primeiro e segundo dia,o Snoopy estava ótimo,depois começou minha tortura,e o pior, o sofrimento dele,ele veio piorando cada dia mais,sem comer,sem beber,só no soro,com medicamentos pra dor,começou a urinar sangue,e evacuar um catarro amarelo,e nem com tramal diminuia a dor dele,ele me olhava com um olhar triste,tipo pedindo pra que eu tirasse aquele dor,fiz de tudo,sei disso,não sai do lado dele 1 minuto se quer,só um dia,justamente nesse dia,tive que levar minha filha no médico,pois ela estava a asma forte,deixei ele com minha mãe,qnd voltei ele estava babando,corri com ele para o veterinário e ele marcou uma ultrassom de emergência de tarde as 15:00, deixei ele de novo com minha mãe e com minha filha,pra comprar remédio pra ela,minha mãe me liga chorando dizendo que ele tava gemendo de dor,fui correndo pra casa,e no caminho minha mãe falou que ele tinha parado de gemer,ele morreu qnd eu estava dentro do elevador do meu prédio,meu amigo,eterno amigo,esperou eu sair pra morrer,tadinho,me amava tanto que não queria ver meu sofrimento,mas vou confessar não me conformo,sinto tanta falta dele,ele era meu companheiro,meu amigo,meu filho peludo.....sds.Fico me perguntado,porque o veterinário deu comida pra ele depois dele ter feito a cirurgia,sabendo que o pancrêas dele estava inflamado,cheguei a questionar isso com ele qnd ainda o snoopy estava vivo,mas como não sou médica,achei que ele sabia o que estava fazendo.Mas,agora não importa,ele já se foi,talvez fosse a hora dele partir,espero que ele esteje bem,sem dor,sem sofrer,e feliz.Desculpe, o desabafo.Cuidem,amem seus bichinhos sempre.Abraços.Cristiane

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cristiane, li o seu depoimento e minha cachorrinha está com pancreatite aguda, quero saber de voce se o medico tambem te receitou antibiotico, percebo que ela tem tremedeira depois de toma-lo. Ja faz 1 semana que não come, ha 5 faz tratamento com antibioticos , parou de vomitar mas não aceita comida e continua prostada. Minha duvida é se o antiotico faz mais mal do que bem neste caso, me ajude se puder. obrigada. Joan

      Excluir
    2. Cristiane,meu partiu terça-feira dia 09.05.2012.Não me conformo.Pancreatite aguda,Choro todo dia.Não me conformo.Saudade é muita..Força!!abraços Conceição

      Excluir
    3. Minha meg tb esta com pancreatite devido a excesso de medicamentos alergicos,ja tomou antibiotico,ursacol,dieta de 5 refeiçoes ao dia.. a agora depois de 15 dias de tratamento voltou a vomitar e nao aceita nada de alimentaçao,vou tentar o macarrao,amanha vou leva-la p mais uma sessao de soro,vitaminas,ela sofre de dor.. os olhinhos dela estao tristes,pedindo ajuda.

      Excluir
    4. OLÁ CRISTIANE TENHO MINHA YULA CACHORINHA ADORO ELA , TEM 11ANOS GRAÇAS A DEUS ESTA MELHORANDO ,LEVEI NO VETERINARIO ESTA COMENDO A ROYAL CASTRO DIGESTIVE LOW FAST, TOMOU VARIOS REMEDIOS E ESTOU DANDO UMA VITAMINA QUE CHAMA GLICOPAN GOLD, ELA ESTA MELHOR GRAÇAS A DEUS , MAS EMAGRECEU MUTIO , DOU DUAS VEZES POR DIA COM FRANGO DESFIADO QUE EU FAÇO PARA ELA, MEU EMAL-OMERO.2007@YAHOO.COM.BR

      MEU RAMYSTER MORREU ,NOSSA FIQUEI MUITO TRISTE E CHOREI MUITO ...

      FELICIDADES E MUITA SAUDE PARA TODOS OS BICHINHOS DE ESTIMAÇÃO, QUE DEUS E O SAO FRANCISCO DE ASSIS CURA TODOS OS ANIMAIS E PROTEJAM!!!!AMEM...!!!

      Excluir
  20. Que horror...estou apavorada com os depoimentos. A minha cachorrinha Mel, uma york de 1 ano, está há 15 dias doente, sem apetite, com diarréia(amarelada, gelatinosa e por vezes com sangue) e vômito. Apresenta episódios de melhora e piora, já estou no terceiro veterinário e ela já tomou 3 antibióticos diferentes, até já tratou para giardia. Os exames laboratoriais não apresentaram muitas alterações e o médico suspeita de pancreatite. Faz 2 dias que está internada. Peço a Deus que cure a minha cachorrinha. Viviane

    ResponderExcluir
  21. É muita dor, só o que posso dizer...Sabemos que os nossos queridos companheiros partirão mais cedo que nós, mas presenciar a dor, o emagrecimento, o olhar carente é de cortar o coração...
    Meu Westie está há dois dias internado, o quadro é grave, de pancreatite, agravado pela idade de 14 anos e por aumento da próstata.
    Choro muito lembrando de tantos momentos que não mais existirão.
    Sei que devo ter esperança, mas, não sei, pode ser uma intuição ruim, mas acho que ele não sai dessa, e mais, não quero que sobreviva sofrendo, apenas, para vê-lo novamente em casa.
    Está sendo muito difícil...É, apenas, um bichinho, dizem alguns, mas, só quem teve o amor incondicional de um cão, sabe o que é a sua perda...
    Estou triste demais e ler alguns comentários ameniza esse sofrer, pois, partilho minha dor com vcs.
    Um abraço. Tenham fé.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Thunder partiu ontem. Foi nos meus braços que deu o último suspiro e segurei seu corpo sem vida.
      É dor demais, saudade demais.
      14 anos de convivência diária, de afeto, de nariz cheirador, de fuça fuçando, de lambidas. É muita coisa boa que acabou, fica o espaço vazio...
      Agradeço por ele ter ido ao meu lado, por ele ter descansado, mas dói.
      Meu amigo se foi, mais uma perda.
      Abcs e força aos que tb sofrem por seus queridos companheiros!

      Excluir
  22. Eu preciso saber se os caes com pancreatite são tratados com antibioticos ou se no caso piora a crise, por favor ajudem contando a propria experiencia, a opinião do veterinario eu ja tenho mas mesmo veterinarios divergem por este motivo eu preciso saber mais opiniões. Quem puder me ajude.Tenho uma cadelinha com pancreatite que está tem crises de tremedeira mesmo depois do tratamento com antibioticos e não come nada, só agua ha 1 semana. Aguardo retorno de alguem.
    joanjoan359@yahoo.com.br.Boa sorte a todos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. experimenta fazer pancreas bovino,isso ajudou muito a minha melzinha

      Excluir
    2. onde encontro? to desesperadoo nao sei o que fazr mais

      Excluir
  23. Meu york esta internado tem 5 dias com pancreatite e aguda.Hoje foi o pior dia pra mim quando fui visita lo.Tava tão caido,tão mole.Voltou pro soro..Estou muio deprimida...É muito triste ve meu filho sofrer..Conceição

    ResponderExcluir
  24. Bom, como a maioria aqui, entrei no site a procura de informações sobre a pancreatite em cães, já que nosso poodle Peter, de 13 anos, foi há cerca de 5 dias diagnosticado com essa doença. Para a minha surpresa, o médico desistiu de fazer o procedimento que ele próprio havia indicado: internação por três dias para suspender a alimentação, tomar soro e os medicamentos adequados. Ele iniciou hoje a ração especial para pancreatite e, desde antes do diagnóstico, por causa dos vômitos, vinha mantendo dieta pobre em gorduras. O veterinário realizará novos exames de sangue e ultrasson daqui a alguns dias. Bom , talvez a conduta de não internar seja devida à idade do nosso cãozinho, que tem 13 anos. Ficar deprimido só complicaria o quadro. Além disso, ele ainda não está desidratado e, de alguma forma, mantém o apetite(porém, parou de beber água, temos que dar na seringa). Sabemos o quanto é grave, que a idade complica,apesar de ele ser esperto para um idoso... Meu pai ficou muito, muito desanimado. Lendo os depoimentos, vi que não é momento de desistir, a luta está só começando. Vamos fazer tudo o que for possível e aguardar. Há anos perdemos um cão jovem para o câncer, foi muito triste. Obrigada pela força, continuarei acompanhando as postagens.
    Claudia

    ResponderExcluir
  25. Alguem poderia me dizer qual homeopatia que usavam pra pancreatite? Obrigada

    ResponderExcluir
  26. Olá boa noite! Estou muito apavaroda com o relato de todos, vim até aqui, porque são 03hs da madrugada e meu filhote está vomitando sem parar. Ele é um Schanuzer miniatura e tem 1 ano e 3 meses.
    Desde bebezinho ele, tem episódios de vômito,e sempre comeu ração super prêmio da Royal para filhotes, e todos os 5 veterinários que levei, diziam que não era nada que era normal o cãozinho regugitar a comida. Acontece que ele já nasceu com pancreatite.
    Descobrimos há dois meses atrás com mais uma veterinária, que vinha tratando o estômago dele e o intupindo de antibióticos, até que eu pedi pelo amor de Deus uma solicitação para ultrassonografia, foi então que ela disse que estava mesmo achando que era pancreatite, fiquei furiosa, e continuamos com a medicação dele, 3 após o resultado da ultra, os vômitos não pararam e e ele evacuou uma poça de sangue, corri com ele pra uma clínica e já vomitando sangue, foi direto pra internação, ficou lá por 5 dias e voltou pra casa com uma dieta de arroz,cenoura, batata e frango sem gordura, cozidos juntos sem sal, e mais 11 remédios diferentes, entre esses 2 antibióticos e 2 anitinflamatórios, remédio pro estômago...
    no início batia tudo no liquidificador, e dava 50ml de 2h em 2h.É claro que tive que pedir demissão do emprego, e ficamos fazendo isso por 1 mês. Assim que a medicação acabou e ele ainda muito fraco, começamos a dar a comidinha sem bater no liquidificaro e com espaço de 3h em 3h, o resultado foi bom mas ele ainda estava muito magro e comecei a diversificar a batata, trocando por inhame, no outro dia fazia com batata baroa, batata doce, aipim, mantendo sempre o arroz,a cenoura e o peito do frango sem gordura.E, de vez enquando dávamos a papinha da nestlé pra bebês, só pra variar um pouco. Tudo com autorização médica. Nem a ração ele pode voltar a comer. Ele engordou ficou forte e com o pelo lindo. Mas só depois que adicionamos o inhame.
    Sábado passado, precisamos viajar, e ele ficou com um espaço de 5h nas refeições e apenas com a papinha, e já começou a vomitar.
    Durante a semana percebi que ele estava jururu no canto, e esse sábado viajamos novamente o que alterou mais ainda a sua dieta, ficando 8h sem alimentação, o que resultou foi que hoje quando retornamos a dieta os vômitos voltaram gosmentos e amarelados até sair uma poça de sangue.
    Percebemos que ele não está digerido a comida e achamos que fosse devido as viagens, mas infelizmente estou muito preocupada.
    Para todos que tem o caso de pancreatite no animalzinho, lembren-se que a disciplina é muito importante, pois foi só sairmos da rotina que ele está super mal novamente e já não sei o que fazer, estou esperando amanhecer pra levá-lo a uma clínica e temo que seja tarde de mais.

    ResponderExcluir
  27. Bom a minha poddle 2 anos 2 quilos quase a perdi pois teve pancreatite no ano de 2010 hoje em dia ela só come ração royal para poddle bato no liquidificador fica um pó dou pequenas quntidades 4 x ao dia com agua morna fica uma papinha mole ,quando ela saiu da crise da pancreatite eu dava gelatina sem gelo mais mole, batata cozida e amassada papinha de nene da nestle calcule o peso
    do cão e tenha bom senso não dê muito alimento de aos poucos para ele não ficar com estomago vazio e descobri também que o dramim rem. para vomito ela vomitava mais tive que dar o vonau (ondansetrona)no começo dava injetavel depois comprimido agradeço a Dra Camila aqui de Santo André um Anjo, boa sorte a todos

    ResponderExcluir
  28. olá....meu poodle de 16 anos virou anjinho dia 13/10/2012 ele tinha insuficiencia pacreatica, queria doar a ração que acabei de abrir o pacote royal canin intestinal bem como os envelopes de pancreatina que ele tomava todo dia. sei que sao caros e nao queria jogar fora. meu email para contato é karlacacau@zipmail.com.br

    ResponderExcluir
  29. Meu querido cão fará 11 anos no dia 5DEZ e está com um quadro de pancreatite e peritonite agudas. Por enqto ainda se alimenta, mas percebo que tem tomado menos água. Ficou na UTI por 4 dias e aqui em casa continuo a tratá-lo com analgésicos e antibióticos. Ainda sente mta dor, pois qdo tentei diminuir a dosagem do analgésico, já que estava dopado, começou a sentir dor novamente. Seu hemograma ainda não estava nada bom e fará outro na segunda-feira. Vê-lo deprimido e abatido me faz sofrer mto e sinto que ainda não estou pronta para aceitar que ele se vá. Tento ser otimista, mas de vez em qdo me bate um desespero que o tratamento não dê certo. É mta angústia e medo.

    ResponderExcluir
  30. Perdi meu doce Schnauzer de 7 anos há 2 dias. Na segunda feira cedo ele foi diagnosticado com pancreatite aguda. Começou com vômitos no dia 2 pela manhã e muita depressão, tremedeira nas pernas...parecia outro cão. No dia anterior estava super animado, nos divertimos muito. Corremos para o veterinário imediatamente. Exames de sangue e ultrassom confirmaram o diagnostico e foi iniciado tratamento e dieta especificos mas foi surpresa para todos a rapidez com que ele se foi. O triste disso tudo é que há menos de 20 dias ele teve fezes amolecidas e bem amarelas e o levei à veterinária que cuidava dele há 3 anos e ela prescreveu antibiotico e vermifugo sem pedir qualquer exame. A conduta dos outras profissionais foi bem diferente e me disseram pelos exames que ele certamente já estava com o problema na ocasião da diarréia e que os antibioticos inadequados para o caso mascararam os sintomas. Apesar da tendência da raça, os rins dele estavam perfeitos, ele tinha peso adequado, enfim, teria uma expectativa de vida muito boa, pois sempre cuidamos da saúde dele muito bem e sempre que mudou a dieta foi com base na orientação da veterinária. Meu conselho é que jamais mediquem sem que seja provado por exames que esse é o melhor caminho. Isso pode custar a vida do seu companheiro.

    ResponderExcluir
  31. minha cadela não foi diagnosticada ainda, pode ser doença do rato, doença do carrapato, ou algo no fígado, estamos as duas uns farrapos, ela não come nada, estou entrando em parafuso, ela está muito sonolenta, talvez por causa do plasil, bebe bastante água, e soro caseiro, as vezes por vontade propria, as vezes porq eu dou na seringa, ela está tomando um antibiotico pela manha e vitamina duas vezes ao dia, não sei mais o que fazer, são 12 anos de companheirismo. Não sei se desisto, não tenho de onde tirar forças. (marizechaluppe@hotmail.com)

    ResponderExcluir
  32. Boa noite,são 3h51 da manhã e eu não paro de chorar... minha york de 13 anos está vomitando bile e comida há 3 dias...não absorve nada.... hj eu tinha esperanças pois até agora ela tinha comido e não tinha vomitado. Ela pesa 1,8gr e está emagrecendo... li todos os depoimentos e fiquei chocada pois ela está com suspeita de pancreatite...Ela sempre foi uma cachorrinha muito alegre, brincalhona e ultimamente fica só deitada, não quer brincar..isso parte o coração... amanhã vou sair correndo com ela para a veterinária para ver o que podemos fazer, talvez um raio-x contrastado para ver se tem algum corpo estranho no estômago dela... me desejem boa sorte, pois é o que eu desejo de coração a cada um de vocês!!! Nossos bichinhos são tudo em nossa família!!!

    ResponderExcluir
  33. Hoje tomamos uma decisão difícil aki em casa.Ha aproximadamente 2 meses meu pequeno Bidu principezinho , um Basset de 8 anos, lindo estava diferente meio triste, doente, depois de algum tempo ele foi diagnosticado com pancreatite. Fizemos tudo q podíamos, foram muitos remedios , varios veterinarios e ele n melhorava , a cada dia q se passava ele piorava.Essa semana ele nao queria comer mais nada, nao conseguia andar direito, so ficava deitado.Não tinha mais jeito meu salsichinha iria morrer e estava sofrendo muito, ele nao estava mais feliz, então decidimos aliviar seu sofrimento hoje. levamos no veterinario e ele aplicou a injeção letal. E é tanta dor q estou sentindo , eu queria mt q ele estivesse junto de mim, correndo , brincando. Não consigo parar de chorar,só de imaginar q ele nao vai mais estar aki, é muito doloroso.mas agora ele esta la no céu, brincando com outros cachorrinhos, ele esta descansando.Ele deixou um filho de 5 anos tambem basset q esta chorando muito, sentiindo falta do pai.Bidu agente te ama muito vc foi o melhor cachorro do mundo e mesmo sabendo que voce esta descansando ai no céu, estamos sentindo muita saudade.saudades,te amo meu filho.Sempre me lembrarei de vc.

    ResponderExcluir
  34. Minha cachorra Daya, uma york completará 10 anos em maio. estes dias ficou com dor, jururu e me pediu ajuda. levei a minha veterinária de confiança, fez exame de sangue e ultrason, e foi diagnosticado pancreatite! Chorei, me desesperei, ela ficou internada durante seis dias. Voltou pra casa, compre a ração recomendada Hills W/D, e também a latinha desta marca. ela odiou, simplesmente nem olha, nem minhas outras cachorras. O pote ficou dois dias cheio. O que faço? a ração da Royal é mais apetitosa? Conhecem outra? o que mais poderia dar, já que ela ama comida? é uma gorda? Existe uma comida que eu mesma possa fazer uma parenteral?
    Quero muito que ela fique bem, mas não precise comer coisas ruins, comer para sobreviver!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ola minha cachorrinha gostou de uma q low fat intestinal para caes com pancreatite,tbm dou pancreas de boi cozinho...

      Excluir
  35. Ana Elisa G. Moreira - 14 de fevereiro de 201315 de fevereiro de 2013 03:03

    Comecei a ler os depoimentos, em busca de uma luz, esperança.Minha doce Nina, linda, minha gatinha de três anos e meio, da raça Sagrado da Birmânia, de um dia para o outro acordou diferente.Até eu descobrir que estava doente, levou um tempo. Estranhei quando começou a comer bem pouquinho, ficava na frente do pote de água, mas não bebia.Se isolava em vários cantos da casa.Estava triste e prostrada.Logo a levei ao veterinário. Fizeram tudo quanto foi exame, sangue, urina, ultra som, radiografia.Suspeitou-se, primeiramente de uma doença felina mortal, a PIF, depois de mais exames, descobriu-se que está com pancreatite.Ainda não descartaram totalmente o diagnostico de PIF. O exame de PIF é complicado, deve ir para análise nos EUA.Ela está internada há 4 dias, melhorou um pouco o quadro, com soro na veia, alimentação de papinha de nenê na seringa e/ou AD ( outro tipo de alimentação) e água.Está tomando antibiotico porque também está com colite.Está com uma carinha melhor e não está mais com aquele olhar fixo e apático. Vou visitá-la todos os dias na clinica.Apesar da melhora, fiquei menos esperançosa, depois de ler os depoimentos acima.Não sabia o quanto a amava até hoje.Estou muito triste.Mas tenho que seguir acreditando na cura, por ela.Força a todos e que São Franciso de Assis nos ajude.

    ResponderExcluir
  36. Vcs devem ama-los acima de tudo, e considera-los por esse amor cuidando do animalzinho da forma que puderem e a natureza se encarrega do resto, apenas evite as dores deles e dê muito carinho, sua presença é indispensável isso para eles é como ter o Papai e a Mamãe ao seu lado quando esta doente. Muitas doenças se curam com amor e paciência, a vida é o mais importante, tenha fé e acredite na cura.

    ResponderExcluir
  37. minha cachorrinha Bella em maio/2012 teve pancreatite aguda, vomito , diarréia, veterinario suspendeu alimentação por 5 dias, só soro, nem agua, ao final de 1 semana ela voltou a se alimentar e esta´livre de sintomas até hoje fev 2014 , se alimenta de ração light assim como de peito de frango, arroz integral e legumes, sem gorduras ela não tem mais problemas. Espero dar esperanças a quem tiver problemas.Joan

    ResponderExcluir
  38. Nem sei o que fazer... Foi diagnosticado uma pacreatite severa no nosso amigo. Ele conta já com pelo menos 15 anos, digo pelo menos 15 porque foi recolhido da rua, estava abandonado, já lá vão 14 anos.
    Ontem ficou internado e o quadro não é muito favorável, ou avança-se para um tratamento agressivo ou então terá de se tomar uma decisão mais difícil, como alguns aqui já tiveram de tomar. Este tratmento agressivo contempla medicamento, analgésicos fortíssimos, internamentos de 7 a 10 dias e uma lavagem à cavidade abdominal. Não deixa de ser muita coisa para um cachorrinho de 15 anos!
    O meu maior medo, para além de o perder é que estejamos a tentar tudo para que ele fique bom e que fique connosco, mas que no fundo ele esteja a sofrer por sermos egoístas em querer tê-lo connosco.
    Neste momento está em stand by internado a soro e temos de tomar uma decisão hoje...
    14 anos é muito tempo para tratar disto de animo leve.
    Começo este post da mesma forma que o comecei...
    Não sei o que fazer...

    ResponderExcluir
  39. Olá, boa noite!
    Não sei o que fazer!
    Minha Mel (Poodle de 12 anos) está com Pancreatite. Foi diagnosticado hoje 19.03.14.
    Ela não estava comendo mais nada, vômitos, diarreia e não queria mais saber de brincar, só ficava deitada o tempo todo.
    Há um ano ela teve uma doença (não estou lembrada o nome agora), mas foi uma queda brusca de plaquetas no sangue, tivemos que fazer transfusão de sangue e foi a maior correria, mas fiz de tudo que eu pude e ela de certa forma ficou bem, não como antes, pois se tornou obesa, com vários problemas de saúde sempre! Até brincamos dizendo que o sangue que ela recebeu não era tão bom!! Mas ela passou por essa etapa.
    Agora com essa nova doença e severa, como estou vendo na maioria dos blogs, sites e veterinários, estou com medo e desesperada. Não sei se é justo deixa-la sofrer novamente, pq da ultima vez ela sofreu de muito.
    Assim que foi diagnosticado, o veterinário já solicitou que q ela ficasse lá para aplicação do soro com as medicações, e disse que seria por cinco dias, deixei, mas quando fui busca-la agora à tarde, meu Deus, ela esta ofegante, mole, não para em pé, não consegue nem levantar a cabeça, não para de vomitar...
    Ela está sofrendo de mais, eu sei, e ela é uma menina linda e muito boazinha, não merece sofrer, não quero vê-la sofrer, sempre foi tão alegre, correndo atrás das bolinhas e agora vê-la se arrastando, é pecado isso, não é justo!
    Preciso de conselhos, de experiências anteriores, devo deixa-la passar por essa primeira etapa do tratamento?
    Será que ficará boa. É triste de mais.

    ResponderExcluir
  40. Ontem a noite postei uma mensagem solicitando uma ajuda referente a minha cachorrinha Mel, pois foi diagnosticado que ela estava com pancreatite. Sem se saber o que fazer antes de dormir ajoelhe-me ao chão e pedi muito a Deus que se ela estivesse sofrendo para ele levar ela embora, poupar o sofrimento dela e nosso. E Deus nos ouviu e levou a Mel para o lado dele. Estamos muito tristes mas espero que ela já esteja a caminho dele! Vai com Deus minha alinda menina. Nós jamais iremos te esquecer. Te amaremos para o sempre.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sei sua for meu Fred amado tbm se foi

      Excluir
  41. Tenho uma vira-lata de 13 anos que foi diagnosticada à 5 meses com pancreatite. Ela ficou internada por algumas horas, nas duas primeiras consultas, repondo vitaminas, proteinas e também recebia soro para desidratação. O veterinário indicou uma dieta muito simples: abóbora, chuchu, inhame e músculo bovino moído (300g de cada) e 200ml de água, ferver os legumes, amassar tudo formando um purê, acrescentar a carne moída e em seguida a água. Coloco cerca de 300g no potinho. Minha cachorra simplesmente adorou e fica ansiosa quando a comida está sendo preparada. Ela nunca mais passou mal, o problema que reparei foi que ela emagreceu muito, a ponto de aparecerem os ossinhos da coluna. Agora eu penso em voltar lá pra ver se posso dar outro tipo de alimento que dê mais massa muscular , ela está muito magra e sente muita fome.

    ResponderExcluir
  42. Perdi meu poodle Quincas para a pancreatite aguda. Ele começou a choramingar de dor e vomitou algumas vezes. Ficava ofegante com o coração muito acelerado. Levei-o imediatamente ao veterinário, ficou internado, mas infelizmente 72 horas depois veio a óbito. Ainda estou sofrendo horrores, mas lendo o depoimento de vocês, fico mais conformada, pois vejo que é uma doença que faz o cão sofrer muito, mesmo depois de passada a crise. É uma tristeza incalculável perder nossos cachorros, mas também é muito triste para eles levarem uma vida de privações, dores e recaídas. Desejo a todos vocês muita força e lucidez para lidar com essa situação angustiante.

    ResponderExcluir
  43. Olá!

    Meu nome é Andréa e minha york está internada com colite, pancreatite há 2 dias. Me ajudem, pelo amor de Deus!

    ResponderExcluir
  44. Olá, Meu nome é Thereza Christina.
    Como vcs, também entrei no site para pegar informações sobre a doença. A minha cadelinha de 14 anos, princesinha Milly, também morreu no dia 05/09/14 com diagnostico de pancreatite, peritonite e diabetes. Há um mês ela foi diagnosticada com insuficiência respiratória e seu coraçãozinho estava aumentado. Começamos o tratamento para o coração com remédios e diuréticos e logo depois ela começou a passar mal e seu coração em vez de diminuir aumentou ainda mais. Estamos muito tristes aqui em casa, ela era nossa companheira e alegria. Não nos conformamos com o ocorrido. Como pode uma cachorra, apesar de idosa, mas saudável, com alimentação perfeita, em 1 mês aparecerem todas essas doenças?! Tenho muitas duvidas se não foram os remédios que ocasionaram esse quadro. Nós, enquanto donos de animaizinhos indefesos, precisamos ficarmos alertas sobre qualquer mudança de humor em nossos anjinhos de 04 patas e principalmente não confiarmos em um diagnostico só de veterinário. As vezes nossas preocupações e vontade de vê-los logo saudáveis, nos levam a administrar um monte de remédio que no final acabam virando uma bomba para eles. Ela durou 02 dias depois que descobrimos todas essas doenças, através de ultrassom e raio-X e ficou internada meio dia, não aguentando a pressão da falta de ar que a levou para uma parada cardíaca.
    Querida Milly, vc foi especial para nós, assim como nós fomos especiais para vc. Como todos que a conheciam e diziam que vc não se considerava cachorra mais sim gente pois vc só faltava falar! Seus olhinhos de jabuticaba estarão sempre a nos acompanhar e saiba vc foi o nosso anjinho de 04 patas, amada por todos que a conheciam! Não te esqueceremos, te amaremos para sempre princesinha linda!!!

    ResponderExcluir
  45. Minha cachorrinha (Ilhasa Apso) foi diagnosticada com pancreatite em agosto/2014. Foram dois meses de sofrimento!! Ela vomitava e fazia cocô mole, além de gemer muito de dor. Nós estavamos desesperados!! Fizemos então uma tomografia e foi diagnosticada pancreatite aguda. De acordo com o protocolo, começamos a tratá-la com medicamentos, mas ela tinha melhoras e em seguida pioras severas. Nosso veterinário (Dr. Edson Mauro) um baita veterinário diga-se de passagem, decidiu então abrí-la para ver o que ocorria e pq nossa cadelinha não estava respondendo ao tratamento. Foi a salvação!!! Descobriu-se que em decorrência da pancreatite o baço dela esta hiper aumentado e com necrose, além disso havia um abcesso no pâncreas que se estourasse ela morreria de infecção generalizada. A recuperação pós cirurgia foi espetacular, minha cadelinha, corre, brinca, briga com os cavalos da rua (rsrsrs), alimenta-se normalmente (com comida de baixa gordura, claro), enfim, tem uma vida normal. O propósito do meu relato é mostrar para aqueles que estão tristes com pq seu cachorro foi diagnosticado com pancreatite é que sempre há uma esperança!! O amor e dedicação que eu e minha esposa demos a nossa cadelinha, juntamente com o ótimo veterinário dela e a ajuda de Deus, ajudou a curá-la, portanto, não desistam de seu peludos. Amor + Fé + Bom Veterinário = Boas notícias no futuro! Abraço a todos!!

    ResponderExcluir
  46. Olá. Temos uma cadelinha cairn terrier de 8 anos que após ter roubado uns bifes de azeite e cebolada vomitou por 2 dias. Levamos ao vet e foi diagnosticada com pancreatite. Está internada há 2 semanas Bjs não vomita bebê água mas não quer comer. Dizem que não está a responder como queriam que pode ter mais qualquer coisa mas não é boa candidata para ser operada. Estamos desesperados. Já gastamos muito dinheiro e não sabemos mais que fazer. Amamos tanto a nossa amiguinha. Alguém pode ajudar?

    ResponderExcluir
  47. Minha gata está co amilase alta e a veterinária disse que ela está com inicio de pancreatite.Ela tem 14 anos, está se alimentando pouco,qual ração eu devo dar prá ela?

    ResponderExcluir
  48. quero deixar aqui meu testemunho, a uma semana atrás meu lhasa apso de 4 anos começou a apresentar dor com tremores nas patas, vômito e respiração ofegante, ao levarmos na veterinária ela pediu ultra som, raio x e exames de sangue onde foi diagnosticado pancreatite, na hora não achei que seria algo grave, ela passou vários remédios, antibióticos, corticoides, analgésicos, antieméticos, chegando em casa fui pesquisar sobre essa doença esse foi um dos primeiros sites que entrei e ao ler os relatos dos comentários entrei em desespero, chorei muito, não conseguia dormir nem comer, então orei pra Deus e pedi que Ele me permitisse mais um tempo com meu cachorrinho, mas se realmente fosse da vontade Dele levá-lo que Ele me desse força, no segundo dia de tratamento notei uma melhora nele, e daí para frente foi só melhorando, hoje uma semana depois parece que ele nunca esteve doente, está apenas um pouco tonto por causa dos medicamentos, estou dando apenas sopinha de arroz branco com batata e cenoura, sem tempero nenhum, nem sal, nem alho, e sem nada de gordura, agora vai ser a comida dele, tudo sem sal e gordua, espero com esse meu comentário ajudar pessoas que receberam esse diagnóstico a não desanimar!! Que Deus abençoe vcs e seus peludinhos!!

    ResponderExcluir
  49. Solidarizo-me com todos os pais, mães e irmãos desses seres que iluminam nossas vidas.
    Há 1 mês e meio atrás nosso York de 8 anos foi diagnosticado com pancreatite depois de 3 idas ao consultório.
    Os exames laboratoriais não indicaram a pancreatite nem a ultrassonografia foi conclusiva por isso só após 3 idas ao consultório houve o diagnóstico de pancreatite, pois nosso pequeno bebe continuava com dores agudas abdominais com anterior diarreia.
    Não sabemos ao certo a causa, genética, petiscos caninos, ele comer a ração de filhote do priminho...
    Ficamos, sim ficamos eu, minha noiva e nosso filho internados 3 dias, chegávamos de manhã às 8h e só saímos as 21h da clínica.
    A veterinária muito atenciosa e querida deixou a gente estacionar na garagem da clínica e montar uma enfermaria no banco de trás do nosso carro com todo a infraestrutura necessária para que nosso bebe ficasse amparado afetivamente enquanto tomava soro e recebia o tratamento venoso durante o dia todo.
    Posteriormente começamos com dieta sólida. Peito de frango, arroz, cenoura e batatinha bem cozidos sem sal nem nada, conforme orientação médica.
    Foram ministrados vários remédios, quase a cada 1h40 tínhamos que ministrar algum, inclusive durante a madrugada.
    A alimentação tinha que ser pouca mas mais vezes ao dia.
    Seguimos tudo a risca!!!
    Hoje agradeço a Deus por nosso pequeno estar bem, abanando o rabo, latindo e quando ele nos escapa da visão, pulando no sofá (porque agora a gente evita que ele pule, mas a gente coloca ele lá)
    Agora ele vai comer a ração Royal Low Fat por 3 meses, começamos a introduzir umedecida para o organismo digerir mais fácil, mas hoje ele já come pura.
    Petiscos, seja qual for, nunca mais!!!
    Este momento foi muito difícil em nossas vidas, ver nosso bebe sofrer, quase deu uma cambalhota de tanto dor, nunca o tinha visto ganir....que sofrimento...
    A todos que passam pelo tratamento aconselho a não esquecer do lado afetivo também, eles ficam deprimidos, nós chegamos ao ponto de dormir no chão junto dele para ele se sentir mais amparado já que em nossa cama a descida poderia machucá-lo.
    Aos que infelizmente não tiveram a sorte que tivemos fica o meu sincero carinho, de quem também já passou por isso com outro serzinho especial que tanto alegrou minha vida e minha família. A despedida foi dura e até hoje dependendo da lembrança me vem as lagrimas, mas sem dúvida as memórias felizes são imensamente em maior número.
    Beijo no coração de todos!!!

    ResponderExcluir
  50. Acho curioso haver suspeita de pancreatite com a medicina de hoje.Exames de sangue e computadorizados definem bem o problema. Meu maltes, 10 anos contraiu o problema.O caso era agudo, não cronico. Tratou com Baytril e Flagyl. Alimentação Low Fat da Royal.Tudo voltou ao normal. Fazem 45 dias e o Boni está ótimo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso aí Elcio.
      Meu Schnauzer teve a crise . No primeiro dia suspeitei da pancreatite, e os exames (eco, sangue, mais sinais clínicos deram como pancreatite). Ele ficou duas noites e três dias baixado com ringer lactato, antibióticos, plasil, buscopan, dramin (dores fortíssimas)e label para proteger estômago. Ele veio para casa. Está comendo Royal canin gastrointestinal low fat moida umedecidas com pedacinho de (colher de chá) peito de frango cozido e picado apenas p/ dar um saborzinho.
      Hoje faz dois dias que voltou e está dormindo com a estufa ligada na frente dele (aqui faz frio).
      Às vezes a cólica depois do tratamento pode ser provocada pelo estímulo dos medicamentos ao próprio pâncreas e aí as enzimas liberadas causam as dores.
      ao não encontrarem alimentos no aparelho digestivo. Dou a alimentação 4 vezes ao dia bem pouquinho de cada vez até ele se recuperar e o tratamento em casa for suspenso. Estou mais otimista hoje,
      Abraço aos pais destes ricos e puros companheiros.

      Excluir
  51. Por favor me ajudem, o posso fazer? O veterinario já falou em sacrificio e ela nem tem uma semana de tratamento, está internada agora, mas acho que ele poderia ter internado antes....não quero que eu bebê me deixe. Me chamo Marisa se alguém puder me ajudar, desde já agradeço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marisa, estamos com nosso cãozinho poodle de 6 anos, 5 kg, com pancreatite. O segredo é manter o animal com uma dieta com baixa gordura e com o mínimo de dor possível. Estamos oferecendo batata, arroz, frango, beterraba, inhame, cenoura e a ração Low Fat da Royal Canin. Quando ele não quer comer nós damos na seringa mesmo. Além disso, quando notamos que está com dor damos analgésico. Ele ficou internato por apenas 2 dias tomando soro. Emagreceu bastante, mas não vamos perder as esperanças porque está reagindo bem ao tratamento, e apresentando fezes e urina normais. Não perca a fé! Peça ao veterinário para reavaliar porque acredito que tem como reverter o caso sim. Estou confiante! Fé em Deus e que São Francisco de Assis esteja com todos os nossos bichinhos. Rafaella.

      Excluir
  52. Tenho um beagle com 10 anos nosso querido Tedy. Ele era bem obeso e desde novembro apresentou dores abdominais. Entramos com muitos remedios indicados pelo eterinario Dr.Hato e foi constatado pancreatite. E nao vimos melhora.
    Levamos a outro veterinario Dr Rubens que constatou uma massa perto do figado e pancreas. Nosso Tedy emagreceu muito que só aparee os ossos, nao come a nao ser por seringa e agua tbm por seringa. o veterinario nos disse que ele esta partindo mas estamos em oraçao e levando ele no centro espirita sao francisco de assis no bairro do batistini onde ele toma passes e la nos indicaram fazer ima sopa com tutano de boi e tbm a geleia do pe de galinha.
    Estamos tentando de tudo mas so consegui ficar em pe para fazer xixi.
    Enquanto a vida, ha esperança.
    Que Deus sempre faça o melhor para esses nosso anjinhos!

    ResponderExcluir
  53. Minha cachorrinha de 4 anos está com pancreatite. Meu pai da muita porcaria p ela comer. Ela estava acima do peso e teve uma crise de vomito, fezes amareladas, ficou bem triste e com muita dor e dificuldade de respirar.
    Se vc ama mesmo seu bichinho, pare de dar comida como se ele fosse gente! Cachorro nao precisa comer como humanos!
    Estou muito triste, especialmente pq nao posso controlar o que meu pai da para ela comer.
    Algumas comidas sao perigosas, nao pode mesmo. E deixar o cachorro ficar obeso é uma enorme maldade. E tem umas comidas 'pròprias' p cachorro que eu vou te contar, deviam ser proibidas, cheias de corante e gordura!
    Por favor, mudem seus habitos, deixem o cachorro chorar pedindo comida, resistam, uma hora ele para de pedir e fica numa boa. É muito pior deixar ele ficar doente...
    Leve seu bichinho para passear sem pressa, sem ficar puxando a coleira, faça cafuné, brinque com ele! Isso é cuidar! Entupir de comida não é legal!

    ResponderExcluir
  54. Tenho um schneuzer macho, ele.como Eu a evacuar sangue e alguns episiodios de vômito. Levar com urgência ao vet, e foi diagnosticado com pancriatite. Mas já esta 4 dias internados e a melhora foi muito pequena. É tudo muito lento, e a dor dele é terrível então com a medicação o coitadinho fica chapado. Estou extremamente apavorada, com medo que ele não reaja.

    ResponderExcluir
  55. Tenho um schneuzer macho, ele.como Eu a evacuar sangue e alguns episiodios de vômito. Levar com urgência ao vet, e foi diagnosticado com pancriatite. Mas já esta 4 dias internados e a melhora foi muito pequena. É tudo muito lento, e a dor dele é terrível então com a medicação o coitadinho fica chapado. Estou extremamente apavorada, com medo que ele não reaja.

    ResponderExcluir
  56. Boa noite, minha cachorrinha (uma maltês de 2,6 anos) foi diagnosticada com pancreatite. A amilase dela estava 2.300. Ela ficou internada por 2 dias e meio e repetimos o exame e tinha baixado pra 1.300. Agora ela está na dieta de arroz, frango e cenoura. Ela vai ter que comer isso pra sempre?
    Nunca mais voltará pra ração normal?
    Ela comia Biofresh.
    O que pode ter desencadeado isso?
    Ela ficará com sequelas no pâncreas?
    Não tem cura essa doença? Apenas controle?
    Estou desesperada pois ela é minha filha e quero fazer de tudo pra ela ficar bem.
    Ps: ela foi pro vet oq estava vomitando todos os dias mas sempre foi ruinzinha de comer.
    Obrigada

    ResponderExcluir
  57. BOM DIA
    TENHO UMA BORDER COLIE DE 8 ANOS, ONTEM FOI DIAGNOSTICADA COM INSUFICIÊNCIA PANCREÁTICA,O QUE POSSO DAR PARA ELA COMER, MELHOR COMIDA CASEIRA OU RAÇÃO

    ResponderExcluir
  58. Olá estou apavorada minha cachorrinha,da raça shunauser está vomitando e com diarréia com sangue bastante sangue,oque eu faço estou apavorada começou está noite,ela está 1dia sem querer comer nada.

    ResponderExcluir
  59. Obrigada pela resposta. Mais infelizmente meu cachorrinho morreu. Depois de muitas idas e vindas a clinica. Levei para outra clínica e o diagnostico foi cancer de intestino, fez cirurgia e não resistiu. Muita tristeza muito sofrimento, que agora ele descanse em paz.

    ResponderExcluir
  60. Minha cachorrinha pequinês esta com pancreatite,ja faz13 dias que nao come nem bebe nada só soro e medicamentos não reaje não sabemos mais oque fazer

    ResponderExcluir